sexta-feira, 11 de junho de 2010

Diálogo poético

Recado

A quem um dia negou
descaradamente algo verdadeiro,

E em um lapso forjado de memória
acreditou na mentira dita,

E guarda escondido no extremo da mente
um gérmen daquilo que ocultou,

Que, renascido, pode arruinar
a tola felicidade construída.


Resposta

A quem acha que é possível
ser cruel publicamente,

E esquece que o sofrimento nada mais é
que um companheiro das horas solitárias.

A quem é tolo o suficiente
para achar que pode enfim deixar pra trás coisas passadas,

Apenas dizendo tolamente que não tem culpa
e nem sente mais do que está escrito.

2 comentários:

  1. Translator BabelFish:

    Recado: Vai tomar no cu.
    Resposta: Vai você!

    ResponderExcluir
  2. São mentiras tão bem digeridas que enganam até quem as fez.

    ResponderExcluir